Conheça o Projeto de Verticalização do Açaí, Pescado e Castanha-do-Brasil no Amapá

Pesquisa e instituições em favor da produção regional

Desenvolvimento tecnológico e inclusão social

Com financiamento do MCTI, nosso foco é a promoção de ações inclusivas e participativas de pesquisa e desenvolvimento, qualificação profissional e extensão tecnológica voltadas ao fortalecimento dos arranjos produtivos extrativistas no estado do Amapá, através da implantação de iniciativas de apoio à verticalização das cadeias produtivas do Açaí, do Pescado e da Castanha do Brasil, a partir da estruturação de ambientes tecnológicos abertos às comunidades extrativistas.

Impactos e foco

Quais são os resultados esperados?

O Projeto prevê atividades de pesquisa, levantamentos e apontamentos quanto aos arranjos produtivos dos produtos das cadeias do Açaí, do Pescado e da Castanha-do-Brasil, bem como a criação de metodologias para a comercialização dos referidos produtos. São algumas das prioridades do Projeto:

Infraestrutura científico-tecnológica

Apoiar, por meio da Ciência, Tecnologia e Inovação, a verticalização das cadeias com informação tecnológica, agregando valor aos produtos.

Economia solidária e participativa

Fortalecer a interação entre os agro-extrativistas e pescadores, através do apoio ao cooperativismo, melhorando diretamente a qualidade de vida das familias impactadas.

Planejar para um futuro sustentável

Incentivar o reaproveitamento de resíduos sólidos e o beneficiamento dos produtos de forma sustentável e comunitária, com foco na agregação de valor e suporte ao desenvolvimento regional.

Conectar

Conhecer as demandas científicas e tecnológicas das cadeias produtivas do açaí, do pescado e da castanha do Brasil

Qualificar

Formar lideranças locais, sob o ponto de vista da autogestão, do associativismo e da inclusão socioprodutiva para o desenvolvimento sustentável

Inovar

Contribuir para a melhoria dos arranjos de produção através da ciência, tecnologia e inovação

Financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.
Realizado pela Universidade Federal Fluminense com apoio da Universidade Federal do Amapá e Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Amapá.
Com a parceria da Organização das Cooperativas do Brasil no Amapá, do Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial e do Instituto Federal do Amapá.